Como se proteger para pedalar no Frio

O verão acabou e, com a chegada do outono, as temperaturas no Brasil já começam a cair. Embora o inverno na maior parte do país não seja muito rigoroso, o frio chega trazendo a necessidade de adaptar seus métodos e roupas para manter o seu passeio, treino ou deslocamento confortável. A seguir, listamos algumas dicas para manter você pedalando tranquilo mesmo quando a temperatura estiver baixa.

post_pedalar_frio

Camadas controlam a temperatura

Mais do que manter-se quente, usar varias camadas de roupa vai ajudar você a controlar a temperatura. Afinal, com alguns treinos durando várias horas, é importante ter recursos para resfriar ou aquecer o corpo quando for preciso.

Quando o tempo esfria muito, o ideal é utiliza ao menos três camadas de roupa: a base, a intermediária e a cobertura. Normalmente, a base é feita com tecido respirável e é bem justa no corpo. Já a camada intermediária é uma camiseta normal de bicicleta, dessas com bolso traseiro e zíper. Já a cobertura costuma ser uma jaqueta ou colete corta-vento.

Utilizar esta configuração traz inúmeras vantagens, já que o ar aprisionado entre elas funciona como isolante térmico ao mesmo tempo que a presença de zíperes no corta-vento e na camisa de bicicleta proporcionam um ajuste mais fino da temperatura.

Base

Invista em uma camada de base que será vestida por baixo de todas as roupas. Para isso, existem base layers (roupa justa tipo segunda-pele) específicos para ciclismo de altíssima qualidade, feitas com tecidos que mantém o calor e expulsam a umidade. Porém, se a grana estiver curta, uma segunda pele feita de nylon resolve muito bem o problema. Lembre-se que, em ambos os casos, existem várias opções de espessura do tecido e presença ou não de manga. Escolha a que mais se adequa ao seu pedal. Uma dica importante é evitar tecidos que fiquem ensopados ou que retenham o suor, já que ficar em contato com umidade fatalmente vai resfriar seu corpo.

Corta-vento

Bicicletas movimentam-se em velocidade elevada. Por isso, mesmo que você use muitas roupas, existe a grande possibilidade de você perder calor para o ambiente se não estiver utilizando uma jaqueta ou um colete corta-vento.

Além de serem leves e compactas, podendo ser colocadas no bolso de uma camiseta de ciclismo facilmente em caso de aumento de temperatura, o corta-vento faz um excelente trabalho de proteger seu corpo contra o frio. Neste caso, vale a pena investir em um modelo específico para bikes, já que ele terá a extensão correta nas costas e ainda contará com a ventilação adequada para evitar que você fique molhado de suor.

A cabeça

A cabeça é uma das partes do corpo que mais perde calor para o ambiente. Por isso, mante-la aquecida é uma boa forma de evitar o frio. Neste caso, dependendo da temperatura e do seu corpo, você pode tentar um boné de ciclismo, um gorro ou até uma mesmo balaclava.

Lembre-se de sempre optar pelo modelo mais compacto, já que é comum a temperatura subir durante o pedal, criando a necessidade de retirar camadas e carrega-las com você. Algumas pessoas ainda utilizam máscaras no rosto que ajudam a manter quente e úmido o ar que é respirado – algo extremamente útil para quem sofre de sinusite. Para alguns, proteger o pescoço é bastante importante. Bandanas possuem múltiplas funções, são quentes, fáceis de lavar e de transportar – certamente um bom investimento.

Pernitos, manguitos, botinhas e luvas

Luvas de dedo comprido, capas térmicas de sapatilha, manguitos e pernitos são excelentes para os mais friorentos, porém podem ser de mais para aqueles que não sofrem tanto com a baixa temperatura. Por isso, antes de investir em modelos importados mais caros que contam até com proteção para raios UV, convém comprar um modelo mais barato para testar.

No caso das luvas, aposte nos modelos específicos para bicicletas, já que eles possuem a curvatura e o acolchoamento ideal para o pedal. Se você sente dores nos joelhos durante a pedalada, preste atenção para ver se elas não pioram no frio. Se este for o caso, vale a pena vestir um pernito mesmo que você sinta um pouco de calor a mais, já que preservar suas articulações é extremamente importante.

Organização da bike

No inverno, é possível fazer algumas modificações na bike para enfrentar melhor a condição climática. Uma das dicas mais úteis é liberar espaço no bolso da camisa de ciclismo investindo em uma boa bolsa de selim ou em um porta-ferramentas que se encaixa no suporte de garrafinha. A baixa temperatura exige menos água e, em grande parte do tempo, é possível pedalar com uma garrafinha só.

Com esta medida simples, é possível abrir espaço para transportar as roupas que você pode usar ou as que você tirou durante o pedal.

Temos os itens necessários para o seu pedal!
Capacete pra bike, você pode encontrar aqui!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s